top of page

Cabo Zanola fiscaliza e denuncia incineração ilegal de remédios na calada da noite

O Vereador Cabo Zanola, juntamente com a frente parlamentar de 2015, receberam informações de que mais de uma tonelada de medicamentos da Farmácia Básica de Saúde (Farmácia Popular) estariam sendo encaminhados para a cidade de Lavras para serem incinerados.

Chegando ao local os edis não puderam ter acesso a documentação e aos medicamentos, mas Cabo Zanola, na condição de advogado, e sua equipe jurídica conseguiram rapidamente uma liminar, que permitiu o acesso dos vereadores, juntamente com um Oficial de Justiça, ao local onde estavam armazenados os medicamentos prontos para incineração.


Cabo Zanola e a frente parlamentar constataram que alguns remédios estavam vencidos porém, em meio a mais de uma tonelada de medicamentos, infelizmente haviam remédios dentro do prazo de validade e que estavam em falta na Farmácia Popular, tais como: antibióticos, bombinhas para o tratamento de bronquite e asma, insulina, medicamentos pediátricos, dentre outros tantos remédios que seriam incinerados. Questionado, o gerente do local ainda firmou que 90% da carga já havia sido queimada e que aquela quantidade era só uma parte que faltava.



Zanola e a frente parlamentar, diante da vergonhosa situação, protocolaram um pedido de abertura de CPI para poder investigar melhor os fatos e calcular o prejuízo, mas a maioria do plenário foi contra.


"A vexatória situação serviu de alerta para a Secretaria de Saúde, os procedimentos para armazenamento e distribuição de medicamentos em São João del-Rei foi modificada para evitar que situações como essa se repitam. Entretanto, é lamentável que alguns vereadores tenham votado contra a CPI", lamenta Cabo Zanola.




16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page